sábado, 2 de janeiro de 2010

Blog SA07 termina!!!

Caros leitores e ilustres seguidores!

Ano Novo, vida nova ou fim de vida, neste caso.
O Blog SA07 vai terminar o seu caminho na blogosfera, após ter vivido 2anos e meio com a finalidade de aproximar as gentes de Saúde Ambiental e acima de tudo juntar e apoiar através de uma plataforma virtual uma comunidade específica de ex-alunos de Saúde Ambiental da ESTeS de Coimbra. Dado que estes objectivos se encontram desactualizados, para o bem da familia, uma vez, que essa comunidade especifica (2003-2007) se encontra orientada e com percursos diferentes mas todos bastante interessantes e importantes para a Saúde Ambiental, termina-se este projecto.
Encontramo-nos actualmente com excelentes e cada vez mais e melhores referências da Saúde Ambiental na WWW, pelo que sugerimos juntar esforços, não obstante de continuarmos a inovar em prol da SA.
Não deixem de visitar blogs como:
www.saudeambiental.net
www.saude-ambiental.ning.com
http://teessea.blogspot.com/
http://pasquimsa.blogspot.com/
http://saudeambientall.blogspot.com/
entre outros

Haverá novidades no mundo da Saúde Ambiental e inovação constante!!!

domingo, 22 de novembro de 2009

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Portugal no top ten mundial - Destinos Turísticos

No próximo ano, Portugal será um destino incontornável para todos os viajantes do mundo. Um dos mais importantes guias mundiais de turismo, o Lonely Planet, recomendou internacionalmente o País como um dos dez destinos que é obrigatório visitar em 2010.

O livro “Lonely Planet’s Best in Travel 2010” refere que Portugal, uma sociedade de grandes tradições, com festas religiosas e populares, está a ser percorrido por uma vaga de modernidade que contamina as cidades, especialmente os centros históricos. Ali, a revitalização urbana está a permitir que boutiques, galerias de arte e cafés surjam em edifícios antes degradados, levando os habitantes e os visitantes a redescobrirem a atracção dos vibrantes centros das cidades.

Portugal é referido como estando comprometido com o desenvolvimento sustentável e na vanguarda da inovação, ao investir fortemente na energia limpa e participando na produção de veículos não poluentes. Um reposicionamento da imagem do País que foi impulsionado este ano pela campanha de promoção internacional “Portugal Europe’s West Coast”, da responsabilidade do Turismo de Portugal, que retrata um destino turístico empenhado na sustentabilidade e no respeito pelo meio ambiente.

Além de Portugal, El Salvador, Alemanha, Grécia, Malásia, Marrocos, Nepal, Nova Zelândia, Suriname e Estados Unidos são os outros destinos que o Lonely Planet considera incontornáveis em 2010.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Environment Health and Safety Jobs

http://www.ehsss.com/ehs_employers.php

www.ehsss.com

Welcome to EHS Sourcing Solutions - the premier online board for the Environmental, Occupational Health & Safety Profession. At EHS Sourcing Solutions we are committed in bringing at your doorstep the most relevant, current and comprehensive list of Environmental, Occupational Health & Safety Profession employment opportunities , chances of employing best talent, downloading literature, buying EHS softwares, linking/networking with each other and finding EHS Resource Point on www. ehsss.com


If you are an EHS professional pursuing new opportunities, an employer seeking qualified Environmental, Occupational Health & Safety Professionals, want to network with other EHS professionals or seeking Resources in the field of EHS, EHS Sourcing Solutions is the one point source for you!

sábado, 17 de outubro de 2009

Entrevista do Director de Departamento de Saúde Ambienal da ESTeSC ao Rádio Clube Português!


Entrevista ao Prof. Helder Simões, Director de Departamento de Saúde Ambiental da ESTeSC, ao Rádio Clube Português, no dia 15 de Setembro, no âmbito da atribuição do Galardão Eco-Escolas à ESTeSC.

A ESTeSC tornou-se na primeira instituição de ensino superior no mundo a conseguir este reconhecimento pela ABAE – Associação Bandeira Azul para a Europa. O programa Eco-Escolas é um Programa vocacionado para a educação ambiental e para a cidadania, que a Fundação para a Educação Ambiental (FEE), implementa em vários países da Europa desde o inicio dos anos 90 e visa encorajar acções e reconhecer o trabalho desenvolvido pela Escola em benefício do ambiente.

Na ESTeS o Programa foi orientado para a implementação da Agenda 21 ao nível local, visando a aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola, desenvolveram-se acções concretas pelos docentes, alunos e por toda a comunidade educativa, com o objectivo de proporcionar a tomada de consciência que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global.

O programa Eco-Escolas na ESTeS Coimbra foi coordenado pelo professor Helder Simões, Director do Departamento de Saúde Ambiental e professor do curso de Saúde Ambiental, mas todo o trabalho de candidatura ao galardão envolveu a comunidade escolar e foi gerido no âmbito do DSA – Departamento de Saúde Ambiental. Aos estudantes foi dirigido o desafio de se habituarem a participar nos processos de decisão e a tomarem consciência da importância do ambiente no dia-a-dia da sua vida pessoal, familiar e comunitária, o programa procurou igualmente, estimular a criação de parcerias locais entre a escola e a autarquia, bem como com outros agentes interessados em contribuir para a melhoria do Ambiente.

Esse esforço foi reconhecido através da atribuição de uma Bandeira Verde, que certifica a existência, na ESTeS Coimbra, de uma educação ambiental coerente e de qualidade. A Bandeira foi entregue no próximo dia 29 de Setembro, em cerimónia a realizada no Europarque e permitirá à ESTeS, para além de poder hastear a bandeira nas suas instalações, utilizar o logótipo do programa Eco-Escolas em todos os seus documentos oficiais e com isso evidenciar a sua preocupação com a qualidade ambiental.

sábado, 26 de setembro de 2009

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

ESTeSC pioneira na obtenção do Galardão Eco-Escolas

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra tornou-se na primeira instituição do Ensino Superior a obter a bandeira verde do Programa Internacional Eco-Escolas promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) conforme se encontra veiculado na página da ABAE (http://www.abae.pt/).

Este galardão visa distinguir as melhores escolas em matéria de Educação Ambiental, tendo a ESTeSC através do seu Departamento de Saúde Ambiental, do qual faz parte o curso de Saúde Ambiental desenvolvido várias actividades ao longo do ano de 2008-2009 que tornaram possível a distinção com base na candidatura efectuada.

Entre algumas das actividades promovidas pelo Curso de Saúde Ambiental, destacam-se a Comemoração do Dia Mundial do Ambiente com a realização de Workshop´s temáticos, actividades de ciclo-paper e palestras com personalidades de reconhecido valor, os trabalhos científicos produzidos no âmbito das suas unidades curriculares e de investigação, como é o caso da determinação da Pegada Ecológica da Comunidade Académica da ESTeSC, a participação ou promoção de jornadas pedagógicas sobre as problemáticas ambientais, ou ainda as acções internas e externas de sensibilização da comunidade envolvente para adopção de medidas e atitudes ambientalmente responsáveis.

Da parte da ESTeSC existe um comprometimento desta se tornar ainda mais sustentável com medidas e acções de sensibilização no sentido de se poupar água, energia e aumentar a eficácia na separação de resíduos.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009


Diploma de Especialização em Políticas do Ambiente em parceria com a ESTeSC

O Departameno de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC) congratula-se de anunciar a 6ª edição do Diploma de Especialização de Políticas Ambientais (DEPA), em parceria com o Instituto Nacional de Administração, I.P. (INA) e com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Esta edição, na sequência do êxito das edições anteriores, incorpora a experiência entretanto adquirida, procurando corresponder, de forma ainda mais efectiva, às expectativas dos participantes, da Administração Pública e do sector privado, tendo em consideração o contexto, sempre em evolução, das políticas de ambiente a nível nacional e internacional.

Objectivos
O curso tem como objectivo criar competências no domínio da aplicação e desenvolvimento das políticas de ambiente e na integração das questões ambientais nas políticas públicas e nos projectos de desenvolvimento. O DEPA incide sobre a análise dos instrumentos para a aplicação e desenvolvimento das políticas de ambiente e para a avaliação dessas políticas. São focados temas em desenvolvimento como a aplicação do princípio do poluidor-pagador, incentivos financeiros e fiscais, a aplicação de instrumentos de mercado, responsabilidade ambiental, seguros ambientais, crime ambiental, participação pública e acesso justiça, em matéria de ambiente. Serão ainda analisadas as relações das políticas de ambiente com as políticas de Desenvolvimento Sustentável, Ordenamento do Território e Urbanismo, Transportes, Saúde, Agricultura, Pescas, Indústria, Comércio e Serviços.

Destinatários
Gestores e quadros superiores da Administração Pública Central, Regional e Local, gestores e quadros superiores das empresas, e ainda consultores na área do ambiente.

Tópicos
Instrumentos e avaliação das políticas de ambiente. Responsabilidade ambiental. Relações do ambiente com as políticas de Desenvolvimento Sustentável, Ordenamento do Território e Urbanismo, Transportes, Saúde, Agricultura, Pescas, Indústria, Comércio e Serviços. Participação pública e acesso à justiça em matéria de ambiente.

Número máximo participantes
25

Regime
> Sessões Presenciais: 144 horas (durante 5 meses)
À 6ª feira na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra: das 9h00 às 18h00 (8 horas)
Alguns módulos poderão ocorrer ao Sábado: das 9h00 às 13h00 (4 horas),
> “E-learning”: como complemento das sessões presenciais.

Avaliação
Execução de um projecto final sobre um tema relacionado com o curso.

Diploma
A emissão do Diploma de Especialização em Políticas de Ambiente está dependente de:
> Aprovação no projecto final,
> Assiduidade (o máximo de ausências permitida, relativamente ao total de horas é de 20%).

Monitores e Palestrantes
Peritos e académicos, nacionais e estrangeiros, com experiência reconhecida nos temas do curso.

Datas
> Início: 25 de Setembro de 2009
> Final (aulas presenciais): 12 de Fevereiro de 2010
> Data de Entrega do Projecto – 31 de Março de 2010
> Data de Apresentação dos Projectos – 18 de Abril de 2010

Direcção científica
António Gonçalves Henriques
Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

Local de realização
ESTESC – Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra

Preço
Administração Pública: 1500 Euros
Outras Entidades: 2000 Euros

Inscrições através do link: http://siol.ina.pt/NetInaAuthentication.aspx?c=2075&e=6

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

"Vamos Limpar Portugal"


20 de Março de 2010 foi o dia escolhido para a limpeza de Portugal!

Na passada sexta feira (31.07.2009), realizou-se a primeira reunião do Projecto Limpar Portugal, no Auditório da Biblioteca Municipal da Lousã. Ao longo de 2 horas foram apresentadas diversas opiniões sobre os moldes em que o projecto deveria ser realizado.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Projecto "Vamos Limpar Portugal"

A iniciativa pretende eliminar todas as lixeiras e depósitos de resíduos abandonados no país ao longo de um dia e envolvendo, sociedade por sectores e apelando aos indivíduos em particular e seguindo o exemplo da Estónia.

A ideia surgiu no seguimento do grande sucesso que teve uma iniciativa semelhante na Estónia. Neste país do Leste Europeu a iniciativa “Vamos fazê-lo” conseguiu eliminar 10 000 toneladas de lixo abandonado por todo o país em 5 horas. Tratou-se de um mega-projecto com uma logística complexa que envolveu ONGs, cientistas, figuras públicas e políticos incluindo o presidente. Implicou uma grande campanha publicitária para a sensibilização e mobilização da sociedade visto que eram necessárias 40 000 pessoas para levar a cabo a intervenção e uma acção de mapeamento à escala nacional dos depósitos de resíduos que contou com a contribuição de 700 voluntários. No dia 3 de Maio de 2008, o “dia D”, compareceram 50 000 pessoas para participar na mega-acção de limpeza, cerca de 4% da população do país. Conseguiu-se assim fazer num dia e com 500 000 euros o que o governo levaria 3 anos a concretizar com um custo global previsto de 22,5 milhões de euros.

Actualmente, já está em marcha em Portugal um projecto semelhante que pretende eliminar todas as lixeiras e depósitos resíduos indevidamente abandonados em zonas como florestas e campos, ideia pela 1ª vez sugerida no fórum da LandMania, Clube de Portugal. Nesta primeira fase está a decorrer a angariação de voluntários, através de formação de grupos por concelhos e já se começou o mapeamento dos locais a ser intervencionados.

Nesta etapa inicial a internet é um instrumento valioso para “passar a palavra” e reunir os dados relativos às zonas de intervenção e aos locais e entidades que aceitarão os resíduos recolhidos. Neste momento o “Vamos limpar Portugal: Vamos limpar a floresta portuguesa num só dia” já dispõe de um site de divulgação do projecto, uma página para gestão das equipas e um site com o mapa das lixeiras já identificadas. Por outro lado, já está presente em plataformas de comunicação e redes sociais como Hi-5, Faceboook e Twitter .

A data para a mega-acção de limpeza ainda não está definido. Embora tivesse havido sugestões para que a intervenção se concretizasse em Outubro de 2009, novos planos apontam para meados do próximo ano como data mais viável tendo em conta a complicada logística do projecto.
Para mais informações sobre o projecto “Vamos Limpar Portugal“ e se pretende aderir visite http://www.limparportugal.ning.com/.

Para informar sobre a localização de lixeiras a incluir na mega-acção de limpeza aceda a http://es.wikiloc.com/wikiloc/user.do?name=limparportugal
Caso deseje ver a vídeo-reportagem sobre o projecto “Let’s do it” na Eslovénia pode fazê-lo em http://limparportugal.ning.com/video/lets-do-it-estonia-legendado

terça-feira, 21 de julho de 2009

Environmental Health & Engineering

O exemplo infra-mencionado serve de inspiração para todos os profissionais de Saúde Ambiental (Environmental Health) que pretendam ser empreendedores.
Quando muitas das vezes nos vemos subjugados pela Engenharia, eis um exemplo do Valor da Saúde Ambiental e do Reconhecimento da nossa área noutros Países, neste caso nos Estados Unidos da América, desde 1988. A título de curiosidade deixo, ainda, o link do Departamento de Saúde Ambiental da Escola de Saúde Pública de Harvard.
http://www.hsph.harvard.edu/departments/environmental-health/

Environmental Health & Engineering (empresa em Boston, EUA)

Corporate Profile
In 1988, two professionals from the Harvard School of Public Health established Environmental Health & Engineering, Inc. (EH&E) to provide businesses and institutions with a reliable resource for environmental consulting and engineering services. Since then, these founding visionaries, John McCarthy, Sc.D., C.I.H., and John Spengler, Ph.D., have assembled a team of over 50 hand-selected, highly-trained individuals who share a passion and enthusiasm for the built environment.


EH&E. Knowledgeable, experienced, committed professionals. Members of our staff:
are associated with leading universities,
are active in industry organizations,
conduct groundbreaking research,
are acknowledged leaders in their fields,
have excellent relationships with key governmental agencies


With this unique team, EH&E has earned a reputation for being an environmental consulting and engineering services firm that is focused, service-driven, and constantly exceeding clients’ expectations.
Building related engineering and environmental consulting issues are complex and serious with potentially significant ramifications on people, businesses, and institutions. EH&E can provide the complete environmental and engineering solution to effectively address these issues. Whether it is a study of the effects of pollutant exposure to human health, a complex risk assessment, commissioning of an AIDS research laboratory, or addressing questions about the most recent federal compliance requirements - we don’t just tackle technical issues, we provide solutions to major business challenges.


EH&E has a depth of knowledge and credibility unmatched in the industry and our wealth of readily-accessible information has become a powerful resource for our clients. Some of the professional disciplines we offer include:
Certified Industrial Hygienists
Certified Hazardous Materials Managers
Professional Engineers
Chemists
Microbiologists
Fire Protection Engineers
Professional Geologists
Certified Safety Professionals
Toxicologists
Risk Assessment Specialists
Biosafety Specialists
Material Scientists
Project Engineers


Research shows that creating a healthier work environment is good business practice and should be part of any strategic plan. EH&E’s ability to provide a comprehensive range of engineering and environmental consulting services with solutions and people who can help implement them gives our clients a resource unrivaled in the field.

In http://www.eheinc.com/index.htm

terça-feira, 14 de julho de 2009

Concurso “Ambiente & Saúde – O papel dos jovens num mundo em mudança”


A APA, a DGS, o ACS e o IPJ vão promover um Concurso nacional sobre Ambiente & Saúde, destinado a jovens com idades entre os 16 e os 24 anos. Os vencedores integrarão a delegação portuguesa na 5ª Conferência Ministerial de Ambiente e Saúde, que se irá realizar em Parma (Itália), em Março de 2010, sob os auspícios da OMS. COnsulte aqui o Regulamento do Concurso e a Ficha de Candidatura.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

domingo, 28 de junho de 2009